Quem é Quem

adilson xiló

Adilson Xiló

Este é Xiló, alguém que gosta tanto de Música que a faz ocupar o lugar
de maior relevância em sua vida. Músico profissional intuitivo, Xiló
Batera se destaca pela sensibilidade musical e pela compreensão rítmica
das possibilidades de seu instrumento.
xilobatera@gmail.com

andre cabelo

André Cabelo

André Oliveira é um músico que se destaca no violão e em outros instrumentos de corda, sendo considerado um “virtuose” por muitos que apreciam seus trabalhos e apresentações. André, conhecido pelo apelido de Cabelo, tem Licenciatura em Música pela UEMG. 

O músico estuda e faz uma prática esmerada de suas técnicas e as compartilha em trabalhos com outros artistas.

Além da Música, Cabelo gosta de assistir filmes, de ler e de caminhar. AndréOliveira  https://m.youtube.com/user/andrecabelooliveira 

INSTA @andreoliveira_cabelo FACE andreoliveira_cabelo

rtgyhuio

Breno Mendonça

Saxofonista, compositor e professor, Breno Mendonça é formado em saxofone e arranjo pela Bituca (Universidade de Música Popular) e carrega em seu currículo prêmios como o Jovem instrumentista BDMG e a participação em festivais de destaque, como Savassi Festival.

 
Camila de Avila

Camila de Ávila

Cantora, Jornalista, assessora de imprensa, pesquisadora da música brasileira, História da música e da arte. Sou produtora editorial e jornalista com especialização em história da cultura e da arte e produção e crítica cultural. Bailarina clássica pela Fundação Clóvis Salgado, cantora com um CD, intitulado “B”, gravado, e o EP, intitulado “Nada ficou no lugar…”. Idealizadora e produtora do podcast e projeto de pesquisa musical #MomentosMusicais. Colunista da revista Subjetiva. Instagram @camiladeavila

cliver

Cliver Honorato

Cliver Honorato é cantor, compositor e violonista nascido em Belo Horizonte/MG. Em junho de 2017 lançou seu primeiro disco intitulado “Cliver Honorato”, com 11 canções de sua autoria que transitam pelo rock, jazz, bossa nova e samba. O disco pode ser ouvido nas plataformas de streaming. Cliver Honorato canta histórias inspiradas no cotidiano que o cerca. 

Em 2020, Cliver idealizou, juntamente com sua equipe, o show-live internacional “Somos Um”, que rendeu 3 edições, transmitidas no seu canal oficial (youtube.com/Cliverhonorato) 

Destaque para as participações especiais de André Abujamra, Fabiana Cozza, Flávio Renegado, Jane Duboc, Nathalia Bellar e as cantoras Chus (Suíça) e Lídia Brandão (Portugal), entre outros artistas da cena nacional e internacional.

Ainda em 2020, integrou a programação da 2ª edição do Festival Som & Fúria, do Galpão Cine Horto. O Festival tem como objetivo consolidar a experiência acumulada de duas décadas, fortalecendo o cenário das artes de Belo Horizonte, valorizando a pesquisa, formação, fomento e estímulo à criação no campo das artes.

Cliver Honorato realiza, desde 30 de abril de 2021, uma turnê virtual pelo Nordeste tendo a honra de começar pela cidade de João Pessoa/PB, no espaço General Store Camisaria, Café, Arte e Bar. A transmissão será ao vivo, pelo perfil do Instagram @generalstorejp e logo seguirá por várias cidades do Nordeste durante este ano de 2021.

 NOVOS PROJETOS

 Será lançado, em breve, o segundo álbum, de canções autorais intitulado “+1 minuto”. O trabalho apresenta oito canções inéditas e os clipes de cada uma das músicas. Em seguida, em 2022, Cliver sairá em turnê pela Europa, contemplando apresentações em Portugal, na Alemanha, na Grécia, na Suíça e na Espanha.

 CURIOSIDADES

 Neto de Joel Honorato, músico, com forte influência no samba, em Belo Horizonte na década de 1960, Cliver sempre teve a música presente em sua vida. Sob a influência do avó, aprendeu sozinho as primeiras notas de violão no início da adolescência. Aos 15 anos já se apresentava pelos bares da capital mineira. O artista aprimorou seus conhecimentos musicais na Fundação de Educação Artística (FEA) e na Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), onde se formou no curso de licenciatura em música com habilitação em violão. O artista se dedica ao estudo musical desde 2003. 

instagram.com/cliverhonorato

facebook.com/cliverhonoratooficial

cliver_honorato@hotmail.com 31 988727044

danillo mendonça

Danillo Mendonça Soares

O músico Danilo Mendonça escolheu o trombone como seu instrumento musical. Ele pesquisa e estuda as melhores técnicas e  possibilidades  para suas práticas musicais e é Bacharel em Trombone pela UFMG. 

Tocar meu instrumento é minha maior alegria, diz Danilo. 

 danillo_mendonca (Instagram)

davit

Davit Gimenez

 Filmmaker

 Davit Giménez, de Barcelona é documentalista, desde 2004. Estudou cinema na escola Observatório de Cine. Depois de ter trabalhado para diferentes produtoras, como Media Pro, Garage Films e Albiñana e como assistente, teve a oportunidade de dar um salto de qualidade como diretor de documentários na Televisió de Mallorca (2008) onde realizou duas séries de 13 episódios: Ethics e Nostrum. Desde então, tem trabalhado extensivamente em projetos audiovisuais, sempre com a intenção latente de gerar no espectador uma nova forma de ver a vida ao seu redor. Poder falar sobre questões sociais, antropológicas e históricas é uma forma de comunicar diretamente, o que muito inspira Davit Giménez. Atualmente, mora e trabalha no Brasil, onde produz e dirige projetos autorais e participa de diferentes projetos audiovisuais.

 Hobbies e interesses: Cinema, musica e educação

www.vimeo.com/davit

davit81@gmail.com

31-995387893

@devamadhu_zero

diana

Diana Mourão

Formada em História, tem trabalhado como Gerente Comercial, gestora de Marketing, Produtora de shows, eventos e espetáculos. 

Como entretenimento e hobbies gosta de teatro, de eventos musicais, dança, rádio, moda e política. Estuda canto, violão e teatro, além de de ser bailarina flamenca. 

Instagram: @dianamouraoaparaense

fabinho

Fábio Dornas

Diretor, coreógrafo, bailarino e produtor. 

De 1991 a 2006, integrou o elenco do Primeiro Ato Grupo de Dança. 

De 2005 a 2016, desenvolveu e fundou o projeto Dança Jovem. 

De 2006 a 2016 foi membro e fundador do Coletivo Movasse. 

Atualmente, como artista independente, Fábio Dornas desenvolve trabalhos e produções como intérprete, bailarino, criador, improvisador, diretor, ensaiador e produtor. Também ministra oficinas e aulas de dança e é criador e coordenador do projeto Experiencia- Ação, tendo realizado várias ações artísticas com artistas de diversas áreas, em diversas regiões de Minas Gerais, no Brasil e no exterior, apresentando-se em importantes teatros do Brasil, Europa, Estados Unidos e países da América Latina. 

O foco de seus Interesses está voltado para: a dança, teatro, música e a arte, em geral.

Prêmios é indicações:

Vencedor do Prêmio Amparc / Bonsucesso 2001 como melhor bailarino com o espetáculo ‘’Isso aqui não é Gotham City’’. 

Indicado ao Prêmio Sated de 1991 – melhor bailarino com o espetáculo Carne Viva. 

Indicado ao prêmio Amparc / Bonsucesso 1999, como o melhor bailarino com o espetáculo Beijo … Nos olhos … Na alma … e Na carne. 

Indicado ao Prêmio Amparc / Usiminas de melhor bailarino, com o espetáculo Curvas de um Quadrado. 

www.fabiodornas.com.br

@fabiodornas fabiodornas@gmail.com

66

Gabrielle Salomão

Gabi Salomão é artista profissional desde 2012 possuindo como formação principal a dança, a música e o teatro além de possuir formação acadêmica em Direito ( PUC Minas) . Possui como berço principal a Fundação Clóvis Salgado onde se formou em dança e música no curso técnico. Iniciou sua trajetória profissional na Dança em 2012 e na música e no teatro em 2015 de forma que seus trabalhos recentes são um misto de artes cênicas o que gera uma identidade artística própria. Trabalhou como bailarina em cias de dança mineiras como Ballet Jovem Minas Gerais, Cia Mineira de danças Clássicas , Cia de dança Sesi Minas, cia El Abrazo Tango e no Rio de janeiro como Cia Trianon ( RJ) e Cia Brasileira. Retornou para BH em 2014 e começou a trabalhar como atriz junto com a Trupe Estrela ( núcleo de teatro do Espaço Comum Luiz Estrela, espaço multicultural autogestionado há 7anos ocupado de forma cênico teatral) e como cantora na banda e bloco carnavalesco “Pisa na Fulô”. Além disso ingressou na Residência artística do Palácio das artes que foi um importante marco na carreira da intérprete quando iniciou seu trabalho como intérprete criadora a partir da criação dos solos “4 elementos” e “Caminho do Kaos” e também o que possibilitou o intercambio com duas importantes cias de dança sendo elas Cia Olga Roriz em Lisboa e Toulla Limnaios em Berlim. Além disso cursou disciplinas isoladas no mestrado da escola de Belas artes na UFMG as quais também respaldaram a sua criação como intérprete.

genin

Genin Guerra

Genin é formado em Engenharia Civil pela PUC MG e em Belas Artes pela UFMG.

Como Artista Plástico, trabalha e tem obras premiadas em várias modalidades como: Escultura, Charges e Caricatura.

WhatsApp Image 2021-04-12 at 13.53.46

Giana Lucindo

Produtora Cultural Profissional com mais de 20 anos de experiência em diversas áreas como: produção  de eventos, gestão administrativa e financeira, em diversos segmentos. Atuação como autônoma e em empresas nacionais, de pequeno e médio porte, relacionadas à área da cultura, eventos, saúde e informática. 

Trabalhos relevantes de produção: shows-Lives do Projeto SOMOS UM, do cantor e compositor Cliver Honorato,  GRUPO DE TEATRO GALPÃO, na montagem e realização do espetáculo “Um Trem Chamado Desejo”, do filme “Cenas de um Casamento”, do “I Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto”, da inauguração da “Sala de Cinema do Cine Horto” e de palestras do “Projeto Sabadão” e com o GRUPO DE DANÇA 1º ATO como assistente de produção para realização e divulgação dos espetáculos, contato com os patrocinadores, planejamento e organização de turnês; controle de criação e confecção de material gráfico, elaboração e montagem do book de apresentação e propostas de trabalhos. . 

@gianalc / gianalucindo@gmail.com

 

Glaucia Medeiros

Glaucia Medeiros

A administradora de empresas e musicista (flautista) Glaucia Medeiros conseguiu aliar estas duas áreas do conhecimento, atuando em produções culturais, desde 2013. 

Além da Música,  Gláucia tem alguns hobbies, como o Cinema  e a prática da Culinária Saudável. 

@glaucialimamedeiros

graça lima

Graça Lima

Graduada em Letras, Pós-graduada em Literatura Brasileira, Arte e Cultura Barroca Mineira e Mestre em Linguística pela UFMG. Professora de Literatura e Língua Portuguesa. Idealizadora de Feiras de Livro com projetos de incentivo à leitura e das Semanas de Língua e Literatura, das quais se originaram as Semanas Drummondianas, hoje presentes nas agendas culturais de Itabira. Consultora pedagógica na área de ensino e coordenadora de cursos voltados à formação de professores. Revisora de obras independentes e trabalhos acadêmicos. Entende a Arte como o entrelugar das linguagens e concorda com Ferreira Gullar: “A Arte existe porque a vida não basta.”. Aprecia o convívio com “as muitas gentes” e alimenta o gosto pela culinária como linguagem afetiva nas relações entre família e amigos.

Guilherme Stephan

Guilherme Stephan

Baterista e professor de bateria e teoria musical, Guilherme Stephan é bacharel em Música pela extinta Faculdade Carlos Gomes (SP/2008) e estudou também na Universidade Livre de Música Tom Jobim (SP).

Atua  como instrumentista e professor, há mais de 20 anos.

Como entretenimento,  além de ouvir e assistir a vídeos sobre música, gosta de ler, gosta de filosofia, de história, de psicanálise e de assistir a filmes diversos. 

Instagram: @guilherme_stephan E-mail: guilhermeagstephan@gmail.com Cel: (31) 98786 4699

 

6

Leandro Aguiar

Músico, Arranjador , compositor.

O violonista, guitarrista, cantor e compositor Leandro Aguiar, nascido em 1985, é mineiro, hoje com uma vasta bagagem musical. Formado pela Bituca Universidade de Música em: 

Violão com Gilvan de Oliveira, Canto com Babaya, Percussão  com Serginho Silva, Flauta Doce com Guido Campos, Harmonia, Arranjo e Método Kodaly com Ian Guest, História da Música com Gilvan de Oliveira e Aulas teóricas  com Felipe Moreira e Cléber Alves. 

Já se apresentou com grandes nomes como: Milton Nascimento, Gilberto Gil, Pena Branca, Monica Salmaso , Tie , George Arrunategui, LinconCheib, Gilvan de Oliveira, Cléber Alves, Regina Souza, Grupo Carona Brasil, entre outros. Participou de workshops com Juarez Moreira, Arismar do Espírito Santo, Arthur Maia, Wagner Tiso , Dori Caymmi e Fernando Vidal. Formado pelo grupo de teatro Ponto de Partida no projeto “Casa de Arte e Ofício” para atores, no qual fez oficina de corpo, voz, interpretação, iluminação e produção. Em seguida integrou-se ao Grupo Ponto de Partida onde atuou por 6 anos e apresentou os seguintes espetáculos: “Paz.Com”, “Santa Ceia”, “Ser Minas Tão Gerais”, “Ciganos”, “A Vaquinha Lelé”,” Pra Nhá Terra”,” O Menino e o Poeta”, “Canto do Povo de um Lugar” e “O Círculo do Ouro”. Também com o Grupo Ponto de Partida gravou os CDs: “O Menino e o Poeta”, “Pra Nhá Terra”, com a participação de Milton Nascimento, “Canto do Povo de um Lugar” e o DVD “Ser Minas Tão Gerais” também com Milton Nascimento. 

Como Produtor Musical e arranjador, fez os seguintes trabalhos: 

Arranjou e gravou violões de aço, nylon, guitarras e back vocal no cd “Tomado de Paixão” do Padre Alex Favarato e nos demais cds como de: Eri Couto, Fábio Labanca, Luciano Mafra, Marcos Catarina, entre outros . Com a banda Rannier, arranjou e gravou a música “Samuel” do cd: solidão@solidão. Na área publicitária, gravou várias peças como FIAT, Café Emboabas, Vinhetas Show FM e Correio AM, UNIPAC, criou arranjos e produziu a trilha do vídeo institucional da cidade de Santos Dumont na L2 Produtora, e também gravou a trilha do curta, “Um Dedo de Prosa”. Já se apresentou em programas como Criança Esperança e TV Xuxa, além de tocar em teatros renomados como: Champs Eliseé, em Paris, El Galpon, no Uruguai, Palácio das Artes, em Belo Horizonte, Sesc Villa Mariana, Ibirapuera e Alfa, em São Paulo, Teatro Municipal no Rio, entre outros.

 

Apresentou-se como Diretor Musical do Tributo à Billie Holiday, com Sheila Paiva e a Banda Free Jazz & Blues das Geraes, no Teatro Valourec, em BH, em 23/03/2019 e na abertura do DuoJazz Festival de Tiradentes, em 05/08/2019 

Apresentou  o show “Leandro Aguiar convida”, como Diretor Musical, no DuoJazz Festival de Tiradentes com vários instrumentistas e cantores convidados.

Nas poucas horas que lhe escapam, Leandro gosta de jogar tênis.

@leandroaguiarviolao ( instagram ) leandroaguiarviolao ( Faceboock ) lecoaguiar@gmail.com 31 9 96716261

© Copyright Geraldo Bisneto Fotografia

Lívia Itaborahy

Lívia Itaborahy é cantora e compositora, nascida em Volta Redonda (RJ), mudou-se para Minas Gerais com 8 anos e desde os 16 compõe se apresenta profissionalmente. Atualmente cursa Licenciatura em Música na Universidade do Estado. Participou de diversos festivais com canções próprias e como intérprete, entre eles, o Festival de inverno de Vespasiano, Festival de Conceição do Mato Dentro, Intérpretes- Sesc MPB, Prêmio Música das Minas Gerais. Foi campeã no Festival de Música de Volta Redonda e no Festival Circuito de Bar em Belo Horizonte.
No final do ano de 2013 foi selecionada para ser uma das 9 Intérpretes do Projeto Elas de Minas, com direção musical de Maurício Ribeiro e curadoria de Márcio Borges, onde ao lado de outros grandes nomes como Déa Trancoso e Marina Machado, interpretou canções de compositoras mineiras.
No segundo semestre de 2014 foi escolhida como uma das vozes do programa The Voice Brasil com a interpretação da canção Vieste de Ivan Lins.
Em 2015 estreou o show “Em tempo de Voz” com direção musical de Márcio Brant e Felipe Fantonni e o show “Daquilo que somos” com direção musical de Maurício Ribeiro.
Ao lado de Lúcia Rego, produziu e dirigiu o tributo a Gonzaguinha ” Não se Espante e Cante” com participação de Mariana Nunes, Ladston do Nascimento, Tadeu Franco, Sanduka Brasil entre outros.
No primeiro semestre de 2016 se apresentou com muito sucesso em Córdoba e Mendoza, na Argentina e participou do Tributo ao Clube da Esquina (Village Jazz – RJ) e do Projeto ELAS com o show: ” Um Brasil de um canto ao Outro” ao lado do Duo Instrumental (RJ).
Recentemente seu trabalho autoral foi selecionado para o festival SONORA e Mulheres Criando que acontecem na capital mineira

luciana alvarenga

Luciana Alvarenga

Cantora e pianista. Luciana Alvarenga iniciou seus estudos de música aos nove anos, no Conservatório de Châtillon, grande Paris, onde estudou durante quatro anos e meio. É formada em Música, nas habilitações: Licenciatura em Música (2006), Bacharelado em Música Popular (2018) e Bacharelado em Canto Lírico (2019), além de ter cursado o Bacharelado em Piano até o Piano V (1999 a 2003), todos pela Universidade Federal de Minas Gerais. Cursou a Formação em Técnica Vocal para o Canto Contemporâneo: Contribuições da Antropofisiologia da Voz, com o professor Ariel Coelho (2018 a 2020). Como pianista, atua em grupos de choro da cena de Belo Horizonte (Abre a Roda – Mulheres no Choro, Ellas no Choro e Grupo Choramingando). Como cantora, em grupos de samba e de MPB (Samba Geral e Cappella em trio). No campo da música erudita, atuou em montagens da literatura clássica junto à Orquestra Filarmônica de MG, Orquestra Sinfônica de MG, e Orquestra 415 de Música Antiga. Como educadora musical, trabalha com crianças e jovens, no Colégio Rudolf Steiner de MG, desde 2015. Atua como professora de canto, individualmente para cantores amadores ou em formação, e ministrando oficinas e cursos de canto em grupo. Com o grupo Cappella em Trio, do qual é cantora, pianista, preparadora vocal e arranjadora, realizou duas turnês internacionais, com mais de 20 shows pela França, onde, em 2003, participou do Festival de Cinema e Culturas da América Latina, em Biarritz e, em 2005, integrou a Programação Oficial do Ano do Brasil na França. Em 2011, representou o Brasil no Festival Músicas Del Mundo, em Quito, no Equador. Foi vencedora do Concurso BDMG de Música Erudita como cantora, em 2006.

Pedagogia vocal, fisiologia da voz, antropologia do desenvolvimento infantil, música popular brasileira, música barroca, línguas, desenho.

 

https://www.instagram.com/lu.alvarenga.voz/ https://www.facebook.com/luciana.alvarenga.315 www.youtube.com/channel/UC13MzWwSWbkQSwgnY5V8LXw Email: lualvarenga@cappellaemtrio.com Tel: 31 99322-2021

 

Luiz Rocha

Luiz Rocha

Ator, cantor e compositor. Teatro pela UFMG, há 8 anos é ator convidado do Grupo Galpão, compõe trilha sonoras para teatro, cinema, dança, publicidade e canções.

Luiz Rocha é cantor, compositor e ator, e desde 2001 atua também compondo trilhas sonoras para teatro, cinema e dança, atuando simultaneamente em várias artes – no teatro como ator, diretor e compositor, na música compondo canções e músicas para publicidade e cinema. Com mais de 15 anos de carreira, Luiz já dividiu o palco com artistas como Arnaldo Antunes, Jorge Mautner, Bem Gil, Letícia Novaes, Bárbara Eugênia, Gabriel Villela e Grupo Galpão. Seus principais trabalhos foram com o musical “Chico Rosa”, que permaneceu 9 anos em cartaz, tendo Luiz no papel de Noel Rosa; como ator e músico no espetáculo “Os Gigantes da Montanha”, do Grupo Galpão, com direção de Gabriel Villela; e como ator, músico, diretor musical, arranjador e compondo a trilha sonora original do espetáculo “De Tempo Somos – Um sarau do Grupo Galpão”, do Grupo Galpão com direção de Lydia Del Picchia e Simone Ordones. Foi fundador e integrante da banda Todos os Caetanos do Mundo lançando o álbum “Pega a Melodia e Engole” (2015), que teve produção de Chico Neves (Lenine, Gilberto Gil, Los Hermanos, O Rappa, Skank) e participação especial de Arnaldo Antunes. Em 2013 lançou seu primeiro álbum “Ar” com 10 canções de sua autoria e em 2017 lançou o álbum da trilha sonora do espetáculo “De Tempo Somos – Um sarau do Grupo Galpão” produzido também por Chico Neves. Em 2018 lançou seu novo trabalho, RASTRO QUENTE: Um EP com 4 canções de sua autoria, com produção de Leonardo Marques e gravado no estúdio Ilha do Corvo em BH. Em 2019 começa o Projeto Poema – Um Manifesto Poético Para os Tempos Sombrios que prevê o lançamento de um álbum, um espetáculo teatral, um livro de poesias e outros desdobramentos de áudio e vídeo. Em 2020 estreia a cena Um Método de Atravessar com direção compartilhada com Lydia Del Picchia e atuação, trilha sonora, videos e dramaturgia de Luiz no projeto La Movida Microteatro. Em 2021 estreia a série Hit Parade no Canal Brasil com direção de Marcelo Caetano (Corpo Elétrico).

Links Oficiais Facebook:

https://www.facebook.com/luizrochaart/ Twitter: https://twitter.com/luizrochaarte Instagram: http://www.instagram.com/luizrochaarte Youtube: https://www.youtube.com/luizrochaarte Contato: luizrochaplan@gmail.com (31) 98667-1014

 

manasses morais

Manassés Morais

Contrabaixista – Formação: Licenciatura em Música 

Ocupação: Músico e Professor de Música

Além de trabalhar com arranjos e produção musical, possui trabalho autoral disponível nas principais plataformas digitais. Atualmente atua com projetos musicais em segmentos diversos e cursa mestrado pela Universidade do Estado de Minas Gerais.

Como hobbies e entretenimento, Maná pratica atividade física (Corrida) e a Leitura. 

INSTAGRAM: Manasses Morais EMAIL: manabaixo@hotmail.com

avatars-000200291783-0iwn5t-t500x500

Marco Lima

Marco Lima é um músico mineiro que escolheu o trompete para expressar seu talento e sensibilidade. Formado em Música pela UEMG, Marco se destaca como um dos grandes solistas de BH.

ricardinho

Ricardinho

Ricardinho Moreira (26), nascido em Contagem-MG, teve sua vida
musical iniciada aos 7 anos de idade, onde começou a estudar piano e
logo depois de algum tempo passou a se dedicar ao violão, mas descobriu
seu verdadeiro instrumento quando aos 11 anos de idade teve seu
primeiro contato com o Acordeon, permanecendo até os seus 12 anos
sendo autodidata nesse instrumento. Aos 13, já estudando com diversos
professores e cursos, começou a atuar profissionalmente como acordeonista, aonde ingressou com a dupla Antônio Carlos e Renato. De lá pra cá, passou por varias bandas e duplas como: Tarlei e Neisson, João Lucas e Diogo, Adriano e Anderson, Alan e Alex, Marcello Silva e Ryan, Leci Strada entre tantos outros artistas e bandas do cenário Belo Horizontino e Mineiro. Seu penúltimo trabalho foi acompanhando o Pr. e também cantor Jonas Vilar por todo o Brasil, onde gravou o mais recente
DVD dele intitulado “Vitória”, lançado pela Universal Music. Atualmente
é sanfoneiro e diretor musical da dupla César Menotti e Fabiano, onde
gravou o DVD “Memórias II”, “Não importa o lugar”, DVD “Os Menotti
in Orlando” gravado na Flórida, onde participou dirigindo e produzindo,
participou também do EP intitulado “Verdades” e do último trabalho da
dupla intitulado “Só as antigas”. Também atua como músico de estúdio.
Gravando (online e presencial), produzindo e dirigindo vários trabalhos.

romes

Romes Lopes

Licenciado em Letras, Romes Lopes é professor e revisor com larga experiência e reconhecida competência. Ele também  trabalha como roteirista e teatrólogo ocasional. Durante um período de quatro anos, desenvolveu atividades de mobilização de comunidades, através de ações culturais localizadas, com base na história e nos costumes de cada agrupamento, atendendo às orientações da UNESCO para o Meio Ambiente.  Para desenvolver as atividades do projeto internacional, em questão, foi contrato pela UNESCO, através do Institute of Water Education – IHE.  As ações  foram  localizadas  em municípios do norte do Estado de Minas e  no Triângulo Mineiro. Também foram desenvolvidos programas de Educação e Cultura, em parceria com o Arquipélago de  Cabo Verde, na África Insular, que contemplaram alunos e professores de escolas públicas de ambos os países, tais como: “ Água para a Vida” e “Meu mundo pelo seu mundo”. 

Romes Lopes participou de treinamento técnico  profissional para exercer suas atividades em projetos da Unesco, no Institute of Water Educacion, em Delft- Holanda.

 Hobbies: Música, filmes, séries e contos.

https://www.facebook.com/romesjose.lopes

 

rosa

Rosa Dornas

Rosa tem 19 anos, cursa Artes Visuais pela UFMG, e trabalha com design, projetos audiovisuais e webdesign. Ela que criou o site que você está navegando! Em seu tempo livre, Rosa gosta de desenhar, pintar e criar produções artísticas envolvendo maquiagem, figurino, fotografia e manipulação de imagens.

Instagram: @rosinha.abduzida

Contato: rosacodornas@gmail.com

Samuel Ekel

Samuel Ekel

Músico pianista, UFMG-Música Popular (formação), (ocupações) Arranjador, Produção Musical, Compositor , músico de cruzeiro e professor de música. Computador, tecnologias de áudio. Atuei e atuo como músico de cruzeiro ao redor do mundo nos últimos 4 anos. Trabalhei para diferentes companhias e estive em diferentes lugares do mundo com esse trabalho. @samuelekel IG, (youtube: Samuel Ekel), Facebook: Samuel Ekel

yt

Sheila Paiva

Sheila Paiva de Andrade é aposentada e dona de uma produtora cultural – a Sheila Paiva CulturArte Produções, criada em 2019. Sempre foi atuante nas ações de desenvolvimento cultural e, por onde passou, deixou sua assinatura em projetos inovadores de múltiplas formas de arte.

 Essa vocação pessoal vem da tradição familiar de ligação com as artes, particularmente com a Música e a Literatura. Gosta de cantar e sempre promoveu encontros e saraus concorridos, reunindo artistas  e propiciando o compartilhamento de estilos e talentos. 

É membro da Academia Itumbiarense de Letras e Artes, que ajudou a fundar em Goiás  e da qual foi presidente. Entre seus hobbies preferidos  ela relaciona os concertos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e os instrumentais de jazz, ao vivo ou virtuais.

O desafio para Sheila Paiva é o estudo e  a pesquisa dos temas culturais que abraça, como o MEU HIER ENCORE, cuja autoria divide com o músico –  Leandro Aguiar. 

                                                           

walner lucas

Walner Lucas

Walner Lucas Letro Casitta – Pianista, compositor, arranjador, diretor musical e regente.
Graduado no curso de Bacharelado em Música/Piano da Escola de Música – Universidade do Estado de Minas Gerais (ESMU – UEMG).
Atuou como pianista, compositor e arranjador do “Tocaiangá”, grupo autoral mineiro com ênfase em músicas do Brasil e premiado como a melhor apresentação da noite na escolha do público no V Prêmio BDMG Instrumental 2004.
Gravou e tocou com vários grupos, incluindo Sandra de Sá, Eliana Pittman, Lurrie Bell (USA), Jimmy Burns (USA), Lorenzo Thompson (USA), Jesse Monroe (ENG), Quique Gomez (ESP), Toninho Horta, Yuri Popoff, MV Bill, Alexandre Araujo, Alexandre da Mata, The Nasty Blues, Celso Moretti, Sergio Pererê, Leandro Ferrari, Além de outras importantes parcerias. Participou do Savassi Jazz Festival 2008, 2009, 2017 e 2018. Por dez anos foi Diretor Musical do grupo Circo Teatro Olho Da Rua.
Gravou, produziu e dirigiu a trilha sonora do espetáculo “Cocoricó”. Grupo Circo Teatro Olho Da Rua, 2002;
Gravou, produziu e dirigiu a trilha sonora do espetáculo “A Revolta das Vocalistas”. Grupo teatral DeuPalla, 2005;
Foi diretor Musical do “Alto da Barca do Inferno” de Gil Vicente. Peça premiada pelo FITBH (Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte) com o Prêmio Fomento no ano de 2004 e 2006.
Gravou, produziu e dirigiu a trilha sonora do espetáculo a Fantástica Máquina do Tempo, de Rodrigo Moreira, peça indicada ao prêmio SinParc-Usiminas como melhor Trilha Original.
Foi Diretor Musical e compositor da peça “Thacht” Do Grupo Armatrux.
Gravou “The Chiken Run”, tema de Alexandre da Mata, primeiro lugar no concurso Country Guitar Brasil 2017.
Atualmente é pianista no grupo instrumental Trio Guará e também, pianista, tecladista, compositor e arranjador da Banda Black Machine.
Diretor de arte, diretor musical e arranjador do Projeto Black na Lage 2017 e 2018.
Diretor musical e arranjador do Skilo Produtora de Som

https://www.facebook.com/walnerlucas, 

@walnerlucas,

walnerllc@yahoo.com.br, walnerllc@gmail.com